Você já ouviu falar em autoridade na internet? Esse elemento é essencial para que você não só tenha um negócio, como também crie uma audiência fiel, com pessoas dispostas a comprar o que você tem para oferecer.

Segundo o site Es Hoje, uma pesquisa feita pela UFRJ revelou que 52,6% dos brasileiros aderiram aos novos aplicativos e estão se adaptando aos novos moldes online.

Para se ter noção, o número de comércios online subiu 48%, no primeiro semestre de 2020, isso em plena pandemia!

A grande questão é: onde você está em meio dessa avalanche de negócios na internet?

Se ainda não consegue responder essa pergunta com clareza, não tem problema. Continue comigo, vamos entender mais sobre como ter autoridade na internet e porque é tão importante manter sua transparência e credibilidade.

Assista também ao vídeo abaixo para saber mais:

O que é autoridade na internet?

Mas afinal de contas: o que é a tal da autoridade na internet? Bom, antes de responder essa pergunta, vale a pena refletirmos um pouco sobre o que é a autoridade de um negócio.

Há pelo menos 30 anos, quando ninguém sonhava em ter a internet consolidada como um meio vitalício de comércio, as grandes marcas já sabiam da importância de não só vender “para” o público, mas vender “com” o público.

Não entendeu? Leia as frases abaixo e pense no que elas representam a você:

  • “Ele nem é essa Coca-Cola toda”
  • “Não é uma Brastemp, mas já resolve boa parte do trabalho”
  • “Amo muito tudo isso”

Além disso, podemos pensar em como o nome de uma marca passou a designar todo um produto. Por exemplo, as pessoas vão no mercado comprar “Bombril”, não lã de aço, “Colgate” (em determinadas cidades), não creme dental, e “Listerine”, no lugar de enxaguante bucal.

Nada disso é por acaso, as empresas que detém esses jargões e produtos conseguiram, além de entregar produtos de qualidade, confirmaram seus valores.

E a internet…?

Na internet, as coisas acontecem de maneira análoga. A diferença está que o ritmo é mais acelerado. Assim, provavelmente, você precisará trabalhar muito mais para conquistar uma posição de destaque.

Por isso, precisa ter estratégias e objetivos claros, até mesmo porque, o público tem acesso continuo a todos os passos da sua empresa. E estou falando de milhares de pessoas conectadas ao mesmo tempo.

Além disso, não podemos esquecer que os meios de validação são mais criteriosos. Isso inclui serviços como o Reclame Aqui, que conseguem fazer uma triagem da reputação da empresa.

Grandes corporações e a nova geração de consumidores

Assim, atualmente os consumidores são quem ditam as novas tendências. Explicando de modo simples, não adianta criar um prego que não precisa de martelo se ninguém quer pôr nada na parede.

Um dos meus insights, para este texto que você lê agora, surgiu quando via um documentário chamado “The Corporation”.

Nele, Mark Achbar e Jennifer Abbott expressam o futuro das industrias corporativas como centro de toda a produção.

É claro que toda empresa precisa ser rentável, e não é sobre isso a discussão. O ponto chave é que é possível gerar renda e concomitante trabalhar em pontos que precisam ser melhorados para a qualidade de nossas vidas e do planeta que vivemos.

Transparência e Credibilidade

E, como disse, não sou eu quem fala isso, mas o próprio consumidor. O interesse pela origem dos produtos, modo de produção e distribuição é crescente.

Igualmente, as pessoas estão cada vez mais conscientes para os seguintes aspectos:

  • Humanização: ainda que com o advento das máquinas, o comprador quer ser atendido em sua individualidade e não como apenas um cifrão.
  • Sustentabilidade: a discussão não é criar um mundo melhor para nossos netos, mas para nós mesmos. A influência da poluição, destruição e desrespeito ao meio ambiente afeta a nós mesmo. Por isso a crescente demanda por alimentos orgânicos, por exemplo.
  • Respeito aos Direitos Humanos: aqui a importância é não só trabalhar a favor do bem de seus clientes, mas se posicionar contra opressões e agressões aos direitos essenciais da humanidade.
  • Qualidade: é preciso que o serviço ou produto oferecido cumpra exatamente com o que se propõe. Não minta para ganhar o público, mas fale de maneira aberta sobre a vida útil do que ele está comprando e como seu produto agrega na vida do cliente.

Simon Sinek: O quê? Como? Por quê?

Falar de autoridade na internet e não citar a Ted Talk realizada por Simon Sinek seria um disparate.

O especialista em liderança de uma das mais visualizadas palestras do site, Simon Sinek, explica que, muitas vezes, o engajamento ou não engajamento de seu produto está na forma como você se comunica com o público.  Exemplos como da Apple e Irmãos Wright são perfeitos para entender isso.

O palestrante lembra que muitas empresas surgiram com propostas inovadoras e consistentes, mas não conseguiam manter um bom diálogo. Ora, mas qual é a base desse diálogo?

Vendendo Torradeiras

A ideia é que você comunique a seus clientes o “porquê de seu produto ser importante, o “porquê” de sua empresa existir e, especialmente, o “porquê” de ele precisar comprar aquele produto.

É diferente você falar: bem isso é uma torradeira e ela torra pães

De falar: você gosta de ter seus pães quentinhos e torrados, mas odeia quando eles acabam queimando por passar do ponto? Bem, criamos essa torradeira exatamente para suprir essa necessidade.

Dessa forma, o que você deve se preocupar, antes de tudo, é “como vou me comunicar com eficácia com meu público e quais são os meus porquês?

Propósito: por que se dedicar ao que você é bom?

Já deu para perceber que vamos falar de propósito, não é? Ah, mas antes disso, aproveite para conferir o Podcast para Especialistas, eu tenho um episódio só sobre por que se dedicar ao que você é bom.

A nova discussão do século XXI é sobre nosso propósito no mundo. E que bom que estamos falando sobre isso! Esse direcionamento também é primordial para que sua empresa desfrute da autoridade na internet.

Para responder a “qual o propósito do que faço?”, pense em:

  • O que posso fazer para gerar realização e contribuir com outras pessoas?
  • Qual a dor que quero curar no ambiente que me cerca?
  • Qual as habilidades em que eu e minha empresa temos de melhor?

Propósito Fluído

Nesta altura, eu preciso fazer um adendo e explicar sobre a fluidez de nossos propósitos. Vejo que muitos empreendedores se desesperam por não ter mais paixão pelo que faz e medo de se arriscar em novos horizontes.

Mas quem é que falou que seu propósito está escrito na pedra? Quando você era criança queria ser uma coisa, na adolescência foi outra e agora está com medo de arriscar?

Veja bem, como bem lembra os dados do Estadão, todos vamos passar por diferentes profissões ao longo da vida. Algumas desconexas umas das outras.

Isso é natural, até porque temos objetivos e trajetórias que vão se moldando à nossa realidade. Entretanto, pode ser um tiro no pé tentar apostar em uma área que não tem nada a ver contigo apenas por ela parecer mais rentável.

Pois é, o consumidor tem um feeling muito grande para esse tipo de “venda forçada” e dificilmente vai abraçar seu projeto.

Preciso ser uma grande empresa para ser uma autoridade na internet?

Então, acho que conversamos bastante sobre autoridade na internet. Resta agora desfazer um dos maiores mitos que vejo: “é preciso ser uma grande empresa para ser autoridade na internet”.

Isso não tem fundamento algum. A sua autoridade não está vinculada ao porte de sua empresa, mas a qualidade do trabalho entregue juntamente com tudo que falamos até aqui.

Na verdade, é a sua autoridade na internet que vai te encaminhar para maiores pódios. Ou seja, conforme mais clientes forem acreditando na sua missão e objetivo, mais sua empresa vai escalar no mercado.

4 Dicas para criar sua autoridade internet

Para terminar, anote quatro dicas práticas para construir uma boa autoridade na internet:

1-  Ouça o consumidor

Como vimos, não adianta enfiar seu produto goela abaixo no consumidor. Então, faça pesquisas, leve em relação as avaliações de usuários e implemente melhorias.

Além disso, com presença online você consegue monitorar as tendências do mercado digital. Por isso, se ligue na próxima dica.

2-  Tenha perfis em redes sociais

Estar onde seu público está é um ótimo caminho para conversar com transparência e credibilidade. Assim, as redes sociais são suas melhores aliadas, neste caso, leve em consideração o tipo de linguagem de cada uma.

3-   Eduque seu cliente

A melhor forma de mostrar que você é especialista é ensinando seu cliente. Então, aposte em ebooks, artigos para seu blog, webinars e conteúdo que agregue conhecimento a ele.

4-   Presença Online

Do que adianta ter o melhor produto ou serviço se ele não aparecer no Google? É por isso que você precisa ter um mínimo de presença online. Quer saber como? Então baixe o meu ebook Presença Online de Resultado para Especialistas.

E agora que você já sabe como começar a construir sua autoridade online, o melhor próximo passo que pode dar é iniciar o seu planejamento do jeito certo. E nós podemos te ajudar! Entre em contato para saber mais.

Pin It on Pinterest

Share This
WhatsApp Converse pelo Whatsapp