Vender serviços, independentemente da modalidade, pode ser uma tarefa muito desafiadora. Mas, no online, principalmente, é um espaço onde é necessário ter uma técnica adequada para atingir seus objetivos.

Quantas vezes você já se deparou com essa situação: Você fez um anúncio, ou na sua página ou num grupo do Facebook, e ele ficou lá por dias, sem dar retorno algum. Investiu R$100, 200 ou até mais e não conseguiu nem um orçamento?

Essa é a situação de diversos profissionais brasileiros e pode ser a sua situação.

Essa dificuldade na promoção dos serviços impacta diretamente em outros pontos da vida profissional como finanças, reconhecimento e etc.

Por esse motivo, ao longo desse texto trabalharemos esse aspecto, você irá aprender aquilo que é essencial para agregar em sua vida como profissional e finalmente conseguir vender serviços pela internet! Vamos lá?

Por que vender serviços pela internet?

Sim, ainda hoje diversas pessoas ainda relutam em investir no mundo online. Ou porque acreditam que seu nicho não as utiliza, ou por simplesmente crerem que não se encaixa no seu modelo de negócio. Ledo engano.

Atualmente, a população brasileira expande cada vez mais seu acesso à internet. De acordo a pesquisa TIC Domicílios, realizada pela Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic), publicada em agosto de 2019, 70% da população têm acesso a internet. Estamos falando de 126,9 milhões de pessoas que estão disponíveis para visualizar seu serviço! Essa numeração maravilhosa, foi obtida através de dados de 2018, portanto, esse ano a porcentagem de usuário brasileiros já aumentou.

O mais incrível nisso é que pela primeira vez as classes mais pobres e as áreas rurais estão com a metade da população conectada!

Além disso, essa tecnologia se expande e transcende as gerações. Não só os “millennials” ou os “centennials” atuam na internet, cada vez mais as outras gerações ganham seu espaço. A prova disso é que os números de usuários da terceira idade em 2017 atingiu a marca história de 31,1% de toda a população, pode parecer pouco. No entanto, estamos falando de 2,3 milhões de idosos acessando a internet e as redes sociais.

Portanto, não há desculpas! O mundo digital é sim um espaço extremamente vasto que pode expandir sua marca e gerar ainda mais vendas. Mas, afinal, como fazer isso? Agora, irei apresentar algumas dicas essenciais para vender serviços pela internet.

Identifique seu público-alvo

conseguir vender serviços pela internet

Antes de começar a investir dinheiro em anunciou ou perder horas fazendo postagens para as redes, é necessário tomar um passo mais teórico do que prático. Pegue papel e caneta e pense: Qual é meu público-alvo?

Definir esse aspecto, da forma mais detalhada possível é o que chamamos de cauda longa. Ou seja, é uma estratégia para definir seu público alvo e restringi-lo a um grupo específico. Assim, você simplesmente se livra da concorrência e pode atingir com tranquilidade aqueles que determinou.

Eu sei que a palavra “restringir” pode ter gerado uma certe aflição. Não te culpo. Somos programamos para tentar, instintivamente, abranger a maior parte das pessoas do universo, acreditando que teremos mais possiblidades de vendas.

Mas, o marketing não funciona assim. Um dos princípios do marketing é criar uma conexão com o leitor, estratégias amplamente usadas por empresas como Coca-Cola e Nubank. Mas, como criar conexão com alguém que você não conhece e tenta ser “genérico”?

A prova disso é o Nubank. Imagine, se um homem de 50 anos, ao entrar em contato com o banco, encontrasse o atendimento descontraído e pessoal que é a cara da marca. O que ele pensaria? Provavelmente que o atendente foi antiprofissional. No entanto, para a geração que a marca pretende atingir essa é a estratégia mais assertiva.

Por isso, pense no seu serviço e em sua especialidade. Ou então, pense em que tipo de pessoa você prefere atender, tem uma maior facilidade. Tudo isso é importante para definir esse ponto.

Inicie a construção de sua autoridade

Comece a construir sua autoridade online. Esse é um dos passos essenciais. Mas afinal, o que autoridade?

Essa é uma palavra técnica para o reconhecimento que você tem online como profissional. Será que as pessoas conseguem perceber você como alguém importante? Sim ou não? Responda rápida.

Se a resposta for “sim”. Ótimo! Passe ao próximo tópico. Se for “não”, vamos ficar juntos aqui por mais um tempo.

Gerar autoridade é ser visto como referência na sua área. Assim como Cátia Damasceno é referência quando falamos de sexo ou Tiago Ventura, quando falamos de stand up. São nomes relevantes no meio que estão inseridos e que facilita muito para vender cursos e serviços usando a internet.

E como fazer isso? Proporcionando conteúdo de valor para quem te acompanha. Não importa onde. Leve algo para sua audiência que realmente irá acrescentar. Por exemplo, se você é um massoterapeuta, por que não disponibilizar algumas dicas rápidas de automassagem?

Disponibilizar conhecimento, ao contrário do que muitos pensam, não é entregar seu serviço. Mas, apenas uma amostra do que você é capaz de fazer. Isso gera conexão e gratidão do seu público, que passam a te ver como uma referência dentro do nicho de atuação.

Gere conteúdo para redes sociais

conseguir vender serviços pela internet

Movimentar as redes sociais, e seu site caso tenha, é essencial. Lembra do que citamos no tópico anterior? Então.

A dica bônus que fica aqui é: tenha uma frequência.

A soma é simples Conteúdo de valor + frequência = autoridade. E com isso, você conseguirá vender pela internet de uma forma muito mais rápida e com valores mais elevados.

Não é preciso postar 20 vezes ao dia para ter um resultado agradável, uma ou duas vezes, dependendo da rede, já é capaz de gerar uma conexão interessante e agregar valor na vida de quem te segue.

Se você quer vender especificamente no Instagram, separamos esse artigo que poderá te ajudar.

Faça uma oferta irresistível

Esse tópico é essencial: para vender pela internet é preciso ter uma oferta irresistível. Mas, o que é uma oferta irresistível? É o que você vai ofertar, seu serviço, mas de uma forma completamente diferente.

Dizer apenas “Faço terapias holísticas” não é uma oferta irresistível. Para despertar essa necessidade de compra do seu cliente, é necessário mostrar para ele a necessidade que ELE tem do seu produto.

Como assim? Vamos usar o exemplo da terapia holística. Uma oferta interessante seria:

“Você está cansado de ir em médicos tradicionais, que enchem seu corpo de remédio e você simplesmente não vê melhora? Você se sente cansado, exausto, sua produtividade caiu e você não consegue achar a causa? Bom, eu sou terapeuta holístico e posso te ajudar. Precisamos entender que além da matéria, também somos energia. Portanto, é preciso cuidar do nosso corpo energético para que estejamos plenos e saudáveis. Agende sua sessão gratuita e sinta como a terapia holística pode mudar sua vida.”

Isso é só um exemplo simples. Produza sua própria oferta irresistível de uma forma similar a que apresentei, mas lembre-se: Seu negócio é único e precisa ter conteúdos únicos.

Utilize gatilhos mentais para vender pela internet

Por fim, utilize gatilhos mentais para atrair seu cliente. Não, não estou falando de algumas práticas quase abusivas de pessoas que colocam “por tempo limitado” em produtos ou serviços com preços fixos.

Estou falando da utilização real e eficaz de gatilhos como o da reciprocidade ou até mesmo da urgência, desde que usado com sabedoria.

O que poucos sabem e fazem é que TODO conteúdo pode abarcar um gatilho mental. Não só a oferta, mas qualquer conteúdo gerado pode ter um gatilho de forma subjetiva. Por isso, olhe com um segundo olhar tudo aquilo que foi criado e pense: O que eu estou despertando nas pessoas?

Quer aprofundar ainda mais seu conhecimento? Então baixe agora mesmo o nosso e-book “Como Vender Serviços” e aumenta ainda mais suas vendas!

Pin It on Pinterest

Share This
WhatsApp Converse pelo Whatsapp