Se você já buscou por ferramentas que possibilitam criar uma página na internet, com certeza já se deparou com um site gratuito. Quando vemos algo de valor zero, ou investimento pequeno, começamos a desconfiar. Afinal, será que vale a pena?

Site gratuito: como torná-lo profissional

Antes de tudo, você precisa entender que site gratuito também pode ser profissional. O que difere um do outro não é o sistema nem ferramenta utilizada. Mas, sim, o conteúdo publicado, a forma como ele é compartilhado e a seriedade que você leva com seu trabalho.

Por isso, quando falamos em site gratuito, muitas pessoas torcem o nariz. Claro, se você pode investir em um domínio e hospedagem, que custam um investimento pequeno por mês, é melhor. Mas, se está começando e quer algo simples para compartilhar seu conhecimento, um site gratuito pode atender suas necessidades.

O que importa, neste caso, é a estratégia que você vai utilizar na internet. E isso vai muito além do site: se espelha nas redes sociais, também. Por isso, é sempre importante ter um profissional que entende de marketing para auxiliar esse processo.

Um profissional de marketing vai utilizar seu site gratuito para criar estratégias específicas para seu conteúdo. Além de trabalhar a autoridade dele na web, ainda auxilia a produzir conteúdo da melhor forma para o leitor. E, consequentemente, fazendo seu nome se tornar mais conhecido no meio que atua.

É possível criar um site gratuito?

Atualmente, há diversas ferramentas que possibilitam criar um site gratuito na internet. O WordPress.com e o Blogspot.com são os meios mais conhecidos, mas estão marcados mais como blogs do que websites em si. Neste caso, é aconselhável investir em domínios próprios, seja .com ou .com.br. É uma forma de “esconder” que seu conteúdo está hospedado em uma plataforma de blog e torna-lo mais profissional, mesmo que seja um site gratuito.

Outra ferramenta de site gratuito muito simples, prática e sem custo é o Wix. Ele é muito popular por ser personalizável. O problema dessa plataforma é que, por sua simplicidade, não permite muitas possibilidades. É algo mais voltado para quem quer apenas uma página estática, ou com poucas possibilidades de navegação. Também é possível personalizar a URL comprando um domínio próprio, evitando que seu site termine com o nome da plataforma.

O meio mais conhecido, grátis e profissional de criar um site é o WordPress.org. Apesar da plataforma ser sem custo algum, você precisa adquirir serviços pagos para que ela funcione. Ou seja: hospedagem e domínio. A primeira é onde seu site fica guardado. É nessa “pasta” que os arquivos estão salvos, como fotos, textos e vídeos. Já o segundo é o “nome” que você digita para acessar esses arquivos (seria o www.nomedosite.com.br).

Essa é a forma mais profissional de ter um site na internet com baixo custo, lembrando que o importante é como seu conteúdo será produzido para os leitores. Mesmo com valores de investimento, ainda é bem pouco visando o retorno de visibilidade e até monetário que ele permite. Se você ainda não tem um site, está mais que na hora de criar um.

Descubra os 7 passos para receber contatos qualificados com regularidade sem precisar de milhares de seguidores ou de postar todos os dias

Nesse e-book você vai descobrir os 7 passos que aplicamos com nossos clientes para que eles realmente tenham resultados através do marketing digital.

Cadastro feito com sucesso

Share This
Fale pelo whatsapp