Você perde um tempo que não tem criando conteúdos para seu sites ou redes sociais mas os resultados são poucos? Uma das razões que causam essa falta de retorno é escrever sem saber para quem você está escrevendo. Ou seja, sem saber quem é o seu público-alvo.

Quer saber como definir de vez seu público-alvo e começar a escrever textos que interessam para ele? Esse é o assunto deste artigo.

Público-alvo: como definir

Em primeiro lugar, você não escreve para si mesmo. Você escreve para o seu cliente ideal!

Sei que isso pode parecer óbvio, mas é fácil esquecer quando se está com pressa por obter resultados. Eu sei disso com propriedade, pois já  cometi esse erro algumas vezes. Daí você acaba escrevendo sobre como seu produto ou serviço é bom, sobre como ele funciona, sobre sua própria formação e conhecimento.

Acontece que o seu cliente não quer saber disso. A vida dele é corrida. Ele quase não tem tempo para nada.

Mas ele tem um monte de problemas.

Problemas que realmente quer resolver. Problemas que fazem ele parar para ler um artigo, postagem ou assistir um vídeo.

Por isso, sua comunicação deve ser focada no problema que o seu produto ou serviço resolve para seu cliente.

E para fazer isso da melhor forma possível, você precisa conhecer bem o seu cliente. Ou, como dizemos em marketing digital, você precisa definir o seu Avatar.

Avatar: muito além do público-alvo

Definir seu Avatar é mais do que definir um público-alvo, que são basicamentes os dados demográficos do seu cliente, ou dados como idade, sexo, profissão, estado civil, etc.

Definir um Avatar é ser detalhista e entender quem ele é, o que pensa, o que vê todos os dias, quais suas frustrações diárias, quais seus sonhos.

Esse é um conhecimento fundamental, principalmente para criar conteúdos que respondam aos problemas do seu potencial clientes.

Para te ajudar nisso, trago nesse artigo algumas questões para você responder sobre seu cliente ideal. Minha recomendação é que as use para fazer entrevistas com seus clientes atuais, e assim conhecê-los melhor.

Mas, se ainda não tiver clientes, pode entrevistar pessoas próximas a você que tenham o perfil do cliente que gostaria de ter.

8 perguntas para definir seu avatar

Use as perguntas abaixo para criar uma idéia muito mais completa sobre seu cliente e como você pode ajudá-lo a resolver seus problemas:

  1. Quem é o seu cliente ideal? Nome, idade, estado civil, filhos, profissão.
  2. Como ele passa a maioria dos dias? Como é sua rotina?
  3. Como gostaria que sua vida estivesse hoje? Onde ele está e para onde quer ir?
  4. O que o deixa acordado à noite? Quais perguntas, preocupações, dúvidas não saem de sua mente?
  5. Quais as maiores preocupações e frustrações dele? Quais as frustrações que têm diariamente em casa, na rua, no trabalho?
  6. O que ele costuma ver e ouvir sobre o problema dele?
  7. O que ele costuma pensar e falar sobre o problema dele?
  8. Quais são seus sonhos mais secretos? Aqueles que ele não conta para ninguém?
Veja também   Como alavancar suas vendas com marketing de conteúdo

 

Problema x Situação de Vida

Apenas conhecer melhor o seu cliente ideal não é suficiente para criar conteúdos que o engajem para a ação. Você precisa também reconhecer a situação do seu cliente em relação ao problema dele.

Existem quatro situações básicas em relação ao problema:

  1. A pessoa tem o problema, mas não sabe;
  2. Ela reconheceu o problema mas ainda não sabe se tem que fazer algo a respeito;
  3. Ela sabe que tem o problema e quer resolver, mas não está fazendo nada;
  4. Ela sabe que tem o problema, quer resolver e está procurando soluções.

E é aqui que muitos profissionais pecam em sua comunicação. Somente quando uma pessoa está no último nível, ela está realmente propensa a comprar. E então está aberta para conhecer sua solução.

Além disso, você precisa ter em mente que uma pessoa que acabou de conhecer o seu trabalho é diferente de outra que já te acompanha a algum tempo. Essa diferença se reflete nos tipos de visitantes, ou tráfego, que você atrai para o seu negócio, seja através do seu site ou das redes sociais.

Identificar essa situação é muito importante para criar conteúdos e campanhas que consigam transformar completos desconhecidos em clientes apenas por reconhecerem você como uma autoridade na sua área.

Descubra também como criar conteúdos que convertem com meu e-book gratuito.

Veja também   5 gatilhos mentais que vão te ajudar a vender mais de forma inteligente!

Tenha ajuda para definir seu avatar e criar conteúdos que convertem

Nesse artigo você descobriu como começar a definir seu avatar para ter resultados com o marketing de mídias sociais. Com as 8 perguntas sugeridas já será capaz de encontrar vários problemas do seu avatar e assim criar conteúdos que respondam a esses problemas.

Mas saiba que crescer sua presença online pode ser muito mais fácil com ajuda profissional. Clique aqui e saiba como conseguir uma consultoria gratuita comigo.

Faça Marketing De ConteúdoQue Converte!

Transforme seu site numa máquina AUTOMÁTICA para atrair potenciais clientes TODOS OS DIAS sem depender exclusivamente de anúncios e das redes sociais.

You have Successfully Subscribed!

Share This