No último vídeo eu te falei que ser especialista é apenas uma questão de posicionamento. De como você se posiciona para seus clientes e para seu mercado.

E no vídeo de hoje quero desmistificar o que é ser um especialista e te mostrar que você pode já ser um sem ter se dado conta disso.

Sugiro também que leia o artigo Eu posso me tornar um especialista, uma autoridade, na minha profissão?

Mas afinal: que é ser especialista?

Segundo o Dicio especialista significa:

“Que se dedica exclusivamente ao estudo ou à prática de uma ciência, uma arte, uma profissão.”

“Quem se especializou num determinado âmbito do conhecimento ou em alguma coisa em específico; perito: eles estão esperando a opinião de um especialista; especialista em Direito.”

“Etimologia (origem da palavra especialista). Especial + ista.”

“Especialista é sinônimo de: perito, profissional, técnico”

Veja, ser especialista é DAR FOCO em algo específico. Pode ser uma ciência, uma arte ou profissão.

Mas ser especialista significa mais do que ser especializado em alguma área de atuação. Ser especialista significa ser especializado em resolver problemas.

Isso mesmo. Basta olhar para pessoas que são especialistas na carreira acadêmica. Sabe por que elas se tornam especialistas aos olhos das outras pessoas?

Porque, em suas pesquisas, nos trabalhos e artigos que produzem, eles buscam responder questões elaboradas a partir de problemas observados. Ou seja, eles observam que existe um problema na área que estudam. E então se dedicam a encontrar maneiras de resolver esses problemas. Inclusive gerando novos questionamentos. E problemas.

Isso nos leva à seguinte conclusão:

O trabalho do especialista é resolver problemas. Isso os faz serem vistos não só como especialistas no problema, mas como autoridades na solução.

E se é assim no meio acadêmico, é assim na vida. Com os seus clientes e potenciais clientes.

Especialize-se no problema do seu cliente

Quanto você conhece seu cliente sabe quais problemas eles têm. Problemas geralmente, por falta de tempo ou de dinheiro.

Se você resolve bem o problema do seu cliente, ou tem o conhecimento necessário para isso, você já tem um caminho para se posicionar como especialista.

Vou te dar o meu exemplo.

Eu não escolhi trabalhar com marketing digital. O marketing digital que me escolheu (rs). Eu estava participando de uma mentoria para coaches que prometia entregar um monte de coisas. Porém, no final cada um teria que pagar individualmente por cada serviço.

Algo que não seria um problema se a mentoria não tivesse custado um carrinho e a promessa inicial não desse a entender que as entregar estavam inclusas.

Foi assim que tudo aconteceu. Daí entender os problemas do meu cliente ideal ficou mais fácil.

A dica aqui é olhar para os clientes que você já tem. Ou, se ainda não tem, para pessoas ou negócios que tem maior afinidade. Seja porque trabalha na área, ou porque tem a real vontade de ajuda-los com o que você já sabe fazer.

No meu caso, foquei nos meus clientes e percebi algo em comum: todos eram especialistas em suas áreas. E todos precisavam criar autoridade para atingir seus objetivos profissionais.

Em resumo: peguei o que eu já sabia fazer, reconheci meu público e um problema e criei a solução.

Pensando assim, você pode ser especialista em qualquer coisa. Mas o segredo para ser um especialistas e construir sua autoridade como tal é unir algo que você goste, que seja bom fazendo e que as pessoas precisam.

Gostou de saber disso? Quer saber como começar sua jornada para se tornar um especialista? Então leia alguns dos meus conteúdos mais avançados:

E se você já é um especialista mas ainda não tem autoridade como tal, baixe gratuitamente meu e-book e descubra como uma presença online de resultado pode e vai te ajudar a construir sua autoridade.

Pin It on Pinterest

Share This
WhatsApp Converse pelo Whatsapp