Marketing digital para pequenas empresas: 5 motivos para investir

por | jan 4, 2022 | Estratégia

Conheça sete dicas e cinco motivos para investir em marketing digital para pequenas empresas para começar implementar hoje mesmo no seu negócio.

 

A pandemia da Covid-19 impactou diversos setores da sociedade e nunca foi tão importante utilizar os ambientes digitais para implementar estratégias de marketing em negócios. 

Assim, o marketing digital para pequenas empresas se tornou o ponto-chave para que a marca cresça, marque presença nas mídias sociais e alavanque suas vendas. 

Com as medidas de isolamento social e distanciamento, as empresas tiveram que marcar presença obrigatória em espaços digitais, além de aumentarem o seu leque de atuação em mídias sociais para garantir o faturamento. 

Mas apenas criar um perfil em todas as redes não é o suficiente. 

É preciso ter estratégias comunicacionais bem desenvolvidas e objetivos delimitados para alcançar resultados favoráveis nas plataformas. 

E é por isso que estamos escrevendo este artigo: para dar dicas e mostrar a importância do marketing digital para pequenas empresas. 

marketing digital para pequenas empresas

Por que é preciso ter presença digital?

Muitos empresários acreditam que se sua empresa ainda não é grande, não é preciso investir no marketing digital. É aí que acontece o erro. 

O marketing digital para pequenas empresas é fundamental para que as metas comunicacionais estejam alinhadas e que dialoguem com a visão, missão e valores da marca. 

Ter esses aspectos definidos é o que garante que o propósito seja claro, coeso e direto. Para conferir algumas tendências de marketing confira nosso artigo, Tendências de marketing digital em 2021.

Um trabalho bem executado, com estratégias delimitadas e com objetivos definidos não exige milhões para começar. 

O pequeno empreendedor pode ter retornos fantásticos mesmo sendo de um nicho pouco tradicional ou sem muita verba para o investimento. 

Assim, o marketing digital para pequenas empresas oferece inúmeros benefícios e vantagens, não importa o tamanho da empresa ou quantos funcionários ela emprega. 

O marketing digital para pequenas empresas gera benefícios a médio e longo prazo e ainda é um ponto essencial para que o negócio marque presença online. 

Para isso, a empresa precisa se fazer presente nas plataformas digitais e entender qual será seu objetivo principal com elas. 

Com a pandemia houve uma aceleração no uso de mídias sociais e isso impacta diretamente na exibição de empresas nos ambientes virtuais. 

A pesquisa TIC Domicílios 2020, realizado pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), aponta que 83% dos domicílios brasileiros possuem acesso à internet. 

Também aumentou a proporção de pessoas que a utilizam: 81% delas estão conectadas na internet. E em 2020 cerca de 142 milhões de brasileiros se comunicaram pela troca de mensagens instantâneas (93%) e usaram as redes sociais (72%).

Assim, o uso de ambientes virtuais se fez presente desde o início da pandemia e as pessoas começaram a passar mais tempo conectadas à rede. Seja estudando, trabalhando ou procurando por algum serviço online. 

E é por isso que ocupar o espaço digital é primordial para a sua empresa. 

As pessoas estão cada dia mais conectadas e fazem várias tarefas online. O marketing digital para pequenas empresas se torna essencial  devido às transformações nos hábitos de compra e venda, que foram acelerados durante a pandemia. 

Apesar das pequenas e médias empresas precisarem muitas vezes começar do zero no digital, é possível crescer rapidamente com a estratégia adequada de acordo com a segmentação do negócio, o público-alvo e os objetivos comunicacionais da empresa. 

5 motivos para investir no marketing digital 

As razões para investir no marketing digital são infinitas, mas vamos listar apenas cinco razões para apostar nas plataformas virtuais. 

1. Ótimo custo-benefício 

Micro e pequenas empresas possuem pouco capital para investimento e os recursos podem ser escassos para quem ainda não tem muitos clientes fixos. 

Assim, a internet é uma ótima ferramenta para divulgar os serviços e captar consumidores. 

Além disso, existem agências de marketing voltadas especialmente para pequenos e microempreendedores que oferecem pacotes acessíveis e completos. 

Se isso não entra no orçamento, a consultoria de marketing digital para pequenas empresas é uma excelente opção para empreendedores que ainda estão perdidos no digital. 

2. Garante a fidelização do cliente

As pessoas procuram primeiro na internet ou nas redes sociais o perfil de uma empresa. 

Também procuram a opinião de outros consumidores para decidirem se vão fazer uma compra ou não. 

Assim, ter presença online pode garantir que seu negócio saia na frente dos concorrentes e se destaque nas buscas dos futuros clientes. 

Mas lembre-se: é preciso ter um bom relacionamento com o cliente para que ele não fique insatisfeito com o serviço ou produto ofertado.  

3. As métricas são aliadas essenciais da sua empresa

Tanto as redes sociais quanto os blogs oferecem métricas importantes que guiam a produção de conteúdo e o desenvolvimento de campanhas de marketing. 

É possível tirar valiosos insights dos dados obtidos como o engajamento da audiência, o relacionamento com o cliente e o número de pessoas alcançadas com as postagens em mídias sociais e sites. 

4. Marketing de conteúdo 

O marketing de conteúdo permite produzir algo com foco no funil de vendas e possibilitam o engajamento e, posteriormente, a conversão. 

Com um conteúdo qualificado e objetivo é possível alcançar mais pessoas interessadas em realizar uma compra.  

5. É acessível e segmentado

O marketing digital permite que o público-alvo seja segmentado e possibilita que a empresa ocupe espaço no digital. 

As plataformas digitais são acessíveis e proporcionam que o negócio cresça e tenha autoridade no nicho de atuação.  

7 dicas de marketing digital para pequenas empresas 

O processo pode ser complicado no início, principalmente quando não sabemos procedimentos técnicos da área. 

Felizmente, é possível estruturar toda a comunicação para o digital em pequenas e médias empresas. 

Pensando nisso, a Marketing Para Especialistas separou sete dicas de marketing digital para pequenas empresas . 

1. Posicionamento

Construir um posicionamento de marca é essencial para que a empresa tenha uma colocação eficiente no mercado. 

A segmentação e nicho ficam melhor distribuídos e os potenciais clientes saberão exatamente quem é a marca. Sem contar que a segmentação do público é a linha editorial quando há o posicionamento de marca de uma empresa.

Não adianta querer vender para todos. É preciso ter uma persona definida e, somente assim, a presença nas mídias sociais será realmente efetiva. 

2. Construa sua autoridade no digital 

Construir autoridade no digital não significa apenas criar um blog e postar conteúdos em variados formatos. É mostrar para a audiência que você domina o assunto no seu segmento e, por isso, é referência no nicho de atuação. 

Se uma empresa é bem vista por todos, as vendas irão aumentar e a confiança na empresa também. 

Para obter bons resultados é preciso marcar presença nas redes sociais,  considerando os interesses do seu público-alvo, produzir conteúdo original, utilizar o e-mail marketing e oferecer materiais ricos. 

Todo conteúdo precisa ser pensado de acordo com as metas estabelecidas nas campanhas de marketing e nas dores da persona.

Logo abaixo iremos explicar melhor, garantindo que seu conteúdo seja objetivo e estratégico. 

3. Defina a persona 

Como falado anteriormente, quem vende para todos acaba não vendendo para ninguém. Isso acontece porque nem todo mundo está interessado em comprar camisetas estampadas ou canecas personalizadas. 

Para atrair consumidores que se transformaram em clientes é preciso definir a persona do seu negócio

A persona é a descrição do seu cliente ideal. 

De forma realista e com aprofundamento, a persona irá gerar suas estratégias de marketing, principalmente na criação de conteúdo para variadas redes sociais. 

Como uma empresa tem tanto conteúdo para postar em vários canais de comunicação? Simples. A empresa tem personas bem delimitadas (sim, pode ter mais de uma) e isso facilita tanto na produção de conteúdos quanto na criação de campanhas que geram a conversão. 

Porém, não confunda persona com público-alvo. O público-alvo é mais amplo, enquanto a persona é mais detalhada. 

4. Use o Google 

Desde procurar dúvidas simples, como uma receita de bolo, até buscas mais diretas, como consultórios de saúde, as pessoas pesquisam diariamente no Google. 

Nada melhor do que usar o Google a seu favor e utilizá-lo corretamente para posicionar melhor seu blog ou as informações da sua empresa no buscador. 

Para isso, é preciso saber sobre a otimização dos mecanismos de buscas, mais conhecido como SEO, para ajudar no engajamento e no ranqueamento dentre milhares de sites. 

Contar com especialistas pode ser ideal para uma empresa que não sabe como começar no marketing digital. 

Uma equipe especializada irá traçar estratégias de marketing alinhadas com os objetivos do negócio, além de oferecer todo o suporte para alcançar as metas. 

5. Google Meu Negócio

Muitos empreendedores ainda não conhecem o Google Meu Negócio, e isso faz que se perca uma grande chance de aumentar as procuras pela empresa. 

O cadastro é rápido e gratuito sendo preciso apenas preencher uma ficha com informações sobre a empresa. 

Depois disso, sempre que alguém buscar algo relacionado ao seu nicho ou o nome da sua empresa no Google, irá aparecer as informações de contato e localização do negócio. 

Isso aumenta as chances de ser encontrado e de marcar espaço na sua rede de negócios local, aproximando clientes que estão mais propensos a comprar da sua empresa. 

6. Redes sociais e calendário editorial 

As redes sociais estão presentes no cotidiano de pessoas em todo o mundo. Com um clique é possível navegar por milhares de perfis de empresas que se encontram no Instagram, por exemplo. 

A empresa que sabe se posicionar nas redes sociais garante ser vista, e possibilita que se destaque em relação aos concorrentes que ainda não utilizam as plataformas. 

Para saber mais sobre como vender mais pelo Instagram acesse nosso artigo

Além de criar um perfil em todas as redes sociais, que sejam condizentes com seu público, é preciso também estabelecer conteúdos para cada uma delas. Para ajudar nisso, o calendário editorial é um ponto-chave. 

É por meio do calendário editorial que a sua empresa vai definir quais conteúdos serão postados, qual a frequência das publicações e quais campanhas serão realizadas em cada período. 

O calendário editorial é uma ferramenta que precisa ser feita com cuidado para gerar atração e conversão. 

7. Funil de vendas 

Como foi dito anteriormente, o calendário editorial é essencial e para ser construído é preciso conhecer o funil de vendas

É por meio do funil de vendas que é possível saber o que postar, como postar e por que postar e quando postar determinado conteúdo. E, claro, isso tudo alinhado com os seis pontos anteriores para que sua empresa cresça no digital da forma correta. 

Não tenha medo de estar no digital

Pode ser que o digital assuste no início, mas com tempo e prática, é possível dominar técnicas e saber aplicá-las no seu negócio para ter retornos.

No artigo explicamos os motivos para investir no marketing digital para pequenas empresas, suas vantagens e algumas dicas para te ajudar na jornada.

A ajuda profissional pode te auxiliar durante todo o processo porque conta com profissionais qualificados e experientes no marketing digital para pequenas empresas. 

Por isso, contrate os serviços de uma consultoria de marketing digital para pequenas empresas ou agência de marketing digital para guiar todo o processo. 

A Marketing Para Especialistas ajuda especialistas a se destacarem no digital e a marcarem presença online da forma correta. Fale conosco e conheça nossos serviços!